terça-feira, 30 de dezembro de 2014

Tronco de Natal

Apesar de gostarmos de chocolate, não somos apreciadores de tortas de chocolate.

Por isso, o nosso tronco de Natal é apenas recheado com um pouco de chocolate e decorado com placas de chocolate.

A receita base que usei é a base de qualquer torta simples e fofa: ovos, farinha e açúcar.

Tal como o pão-de-ló, para que a torta fique leve e fofa, os ovos e o açúcar têm de ser batidos durante algum tempo.

As placas de chocolate que utilizei para decorar são uma ideia simples que transformam uma torta simples num elemento central da mesa de Natal.

Ingredientes
6 ovos
250 g de açúcar 
125 g de farinha com fermento 
200 +100 g de chocolate preto com 85 % cacau
1 iogurte grego
açúcar em pó q.b.

Pré-aquecer o forno a 180.º C.

Forrar um tabuleiro com papel vegetal e reservar.

Numa taça, bater os ovos inteiros com o açúcar durante 8 minutos ou até a misturar duplicar o volume.

Envolver a farinha delicadamente e distribuir a massa pelo tabuleiro.

Levar ao forno 15 minutos ou até o palito sair seco.

Derreter 100 g de chocolate em banho-maria. 

Adicionar o iogurte e envolver bem até obter um creme homogéneo.

Retirar a torta do forno e barrar com o creme de chocolate.

Com ajuda de um pano, enrolar a torta cuidadosamente e cobrir com o creme de chocolate.

Placas de chocolate 

Derreter 200 g de chocolate em banho-maria.

Espalhar o chocolate derretido em papel vegetal.

Cobrir o chocolate derretido com papel vegetal e enrolar o chocolate num rolo (utilizei o rolo de cartão do papel vegetal).

Levar ao frigorífico de um dia para o outro ou até o chocolate ficar crocante.

Assim que o chocolate estiver crocante, retirar do frigorífico e desenrolar: o chocolate vai partir e formar placas de chocolate para decorar.

Colocar as placas de chocolate na torta e decorar com açúcar em pó.


Farófias

A mesa de Natal não fica completa se não tiver leite creme e farófias.

Na verdade, as farófias são uma solução para aproveitar as claras sobejantes do leite creme.

Numa vertente mais saudável e menos calórica, as farófias podem ser servidas simples, polvilhadas com canela em pó. Contudo, no Natal, tal como é tradição, costumamos servir acompanhadas com leite creme.

Ingredientes
6 claras
1 limão
75 g de açúcar branco
750 ml de leite
1 pau de canela

Creme
40 g de amido de milho
75 g de açúcar amarelo
4 gemas
300 ml de leite 
canela em pó q.b.

Bater as claras em castelo.

Adicionar umas gotas de sumo de limão, o açúcar branco e bater até que fiquem bem firmes e brilhantes.

Levar o leite a lume brando, juntamente com o pau de canela, até levantar fervura.

Colocar conchas de claras no leite tendo o cuidado de as virar para que cozam de modo uniforme.

Retirar as claras do lume com ajuda de uma escumadeira.

Colocar as farófias numa travessa para servir.

Num tacho, misturar o amido de milho, o açúcar amarelo e as gemas de ovo.

Adicionar 300 ml de leite e levar ao lume brando, mexendo sempre com uma vara de arames, até engrossar.

Distribuir o creme no prato onde se encontram as farófias.

Antes de servir, polvilhar com canela em pó.

segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

Bolachas de gengibre

Em nossa casa, é tradição fazer bolachas de gengibre na véspera de Natal.

É um programa em família giríssimo, especialmente quando há crianças.

São uma boa sugestão para um presente de Natal DIY ou, simplesmente, para decorar a mesa de Natal e fazer as delícias de quem passa por casa nestes dias.

Costumo fazer 2 receitas pois as bolachas voam num instante! 

Ingredientes
70 g de manteiga sem sal à temperatura ambiente
175 g de açúcar amarelo
1 ovo
1 pitada de sal
1 vagem de baunilha
500 g de farinha
2 colheres de sopa de chocolate em pó
1 colher de chá de gengibre em pó
1/2 colher de chá de canela em pó
1 colher de chá de raspa de laranja

Numa taça, bater a manteiga com o açúcar até obter um creme fofo.

Adicionar o ovo, a pitada de sal, as sementes de baunilha, a farinha, o chocolate, o gengibre, a canela e a raspa de laranja.

Misturar bem (de preferência com as mãos) até obter uma massa uniforme.

Envolver a massa em película aderente e levar ao frigorífico 30 minutos- 1 hora.

Pré-aquecer o forno a 200.º C.

Forrar um tabuleiro com papel vegetal.

Polvilhar a bancada com farinha e tender a massa com ajuda de um rolo da massa até atingir uma espessura de 3 mm.

Cortar a massa com cortadores natalícios.

Levar as bolachas ao forno cerca de 8 minutos ou até ficarem douradas.

Retirar as bolachas do forno e deixar arrefecer numa grelha.

Se desejarem, podem polvilhar com açúcar em pó ou, com alguma paciência, decorar.



Bolo de iogurte da avó Suzete

Um dos bolos de eleição cá em casa é o bolo de iogurte da minha avó. Há anos que faz, maravilhosamente, este bolo e conquistou os netos de sangue e os netos de coração!

Além de super fácil e rápido de fazer, é um bolo "saudável", ótimo para o lanche.

Ingredientes
4 ovos
240 g de açúcar amarelo
85 ml de óleo vegetal
2 iogurtes naturais sem açúcar
1 vagem de baunilha
150 g de farinha sem fermento
1 colher de café de fermento em pó

Pré-aquecer o forno a 180.º C.

Untar e polvilhar com farinha uma forma redonda com buraco no centro.

Numa taça, bater os ovos inteiros com o açúcar.

Adicionar o óleo, os iogurtes, as sementes de baunilha e continuar a bater durante 3 minutos.

Envolver a farinha e o fermento peneirados e distribuir o preparado pela forma.

Levar ao forno cerca de 40 minutos ou até o palito sair seco.

Desenformar e deixar arrefecer, completamente, em cima de uma grelha.


sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Espetadas de tomate cereja com mozzarella e manjericão fresco


As espetadas de tomate cereja com queijo mozzarella e manjericão fresco são uma presença assídua cá em casa.

São uma entrada super saudável e muito fácil de fazer! O efeito visual é especialmente bonito e compõe uma mesa de entradas/petiscos.

Ingredientes
mini-palitos para espetadas q.b.
tomate cereja q.b.
bolas de queijo mozzarella q.b.
manjericão  q.b.
azeite q.b.
sal q.b.
vinagre balsâmico q.b.

Em cada mini-palito de espetada, colocar um tomate cereja, uma bola de queijo mozzarelLa e uma folha de manjericão fresco.

Antes de servir, temperar com um fio de azeite, sal e vinagre balsâmico a gosto.



quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Delícia de mascarpone com compota pêssego e noz

Aqui fica mais uma receita que fiz para o batizado do FM.

Rápida, leve e de fácil execução, é uma boa solução para servir as sobremesas em finger food!

Ingredientes
250 g de queijo mascarpone
sumo e raspa de 1 limão
compota de pêssego caseira q.b.
nozes biológicas q.b.

Colocar o queijo mascarpone numa taça e bater muito bem durante 15 minutos até obter um creme fofo.

Adicionar o sumo e a raspa do limão misturando muito bem.

Colocar um pouco de compota de pêssego no fundo de cada copinho.

Adicionar o creme de mascarpone e terminar com pedaços de noz.

Levar ao frigorífico pelo menos 4 horas antes de servir.






quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Trouxas da Quinta de São Francisco

Quando não sabemos o que fazer às gemas, as trouxas de laranja são uma boa solução!

Além de rápidas e fáceis de fazer, fazem um vistão e são deliciosas.

Aproveitei as laranjas da quinta para fazer o recheio das trouxas que servi no batizado.

Ingredientes
4 gemas de ovo
4 colheres da sopa de açúcar amarelo
4 laranjas moscatel
noz moscada q.b.
1 embalagem de massa filo
açúcar em pó q.b.

Pré-aquecer o forno a 180.º C.

Num tacho, colocar as gemas com o açúcar e bater bem até obter um creme esbranquiçado. 

Adicionar o sumo e a raspa das laranjas e a noz moscada ralada na hora.

Levar a lume médio e, mexendo sempre com uma vara de arames, deixar engrossar.

Tender a massa filo numa bancada e cortar em pequenos retângulos.

Colocar uma colher de sobremesa de recheio de laranja no meio de cada quadrado de massa filo.

Enrolar a massa filo como se fosse um "rebuçado".

Levar ao forno 10-15 minutos ou até ficarem dourados.

Retirar do forno e deixar arrefecer, completamente, em cima de uma grelha.

Polvilhar com açúcar em pó antes de servir.



terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Tarte de iogurte perfumada com laranja e mel de rosmaninho em cama de granulado de cacau

Este fim-de-semana foi dedicado a mais uma experiência culinária.

Oficialmente aberta a época de boas laranjas moscatel, a laranja tinha de fazer parte deste domingo.

Em matéria de doces, já partilhei variadíssimas receitas com laranjas (tarte de laranja merengada, bolachas de laranja, bolo de laranja, trufas de chocolate preto com laranja). Contudo, faltava uma sobremesa fresca, leve e requintada na qual a laranja tivesse um papel de destaque.

Em plena época de Natal, o chocolate tinha de fazer parte dessa receita também! Por isso, nada melhor que juntar os melhores ingredientes invernais (laranja, chocolate e mel) numa explosão de sabores. E assim nasceu esta tarte que teve poucos "minutos" de vida!

Ingredientes
1 pacote de bolacha tipo maria 
75 g de manteiga sem sal 
2 colheres da sopa de cacau em pó
água bem fria q.b.
4 folhas de gelatina 
1 laranja 
750 g de iogurte natural
3 colheres da sopa de mel de rosmaninho + 1 colher de sobremesa de mel de rosmaninho
flor de laranjeira seca q.b.

Partir as bolachas e colocar no triturador juntamente com a manteiga e com o cacau.

Triturar até obter uma massa homogénea.

Forrar a base de uma tarteira redonda com aro com a massa de bolacha espalhando uniformemente.

Levar ao congelador 15 minutos ou até estar bem fria e consistente.

Numa taça com água bem fria, hidratar as folhas de gelatina.

Derreter as folhas de gelatina em 100 ml sumo de laranja quente.

Numa taça, bater os iogurtes com 3 colheres da  sopa de mel, as folhas de gelatina dissolvidas e a raspa da laranja. 

Distribuir o creme de  iogurte sobre a base de bolacha.

Com ajuda de uma colher de café, decorar o topo da tarte com o restante mel.

Levar ao frigorífico pelo quatro horas ou até estar consistente.

Antes de servir, desenformar e decorar com flor de laranjeira seca.


segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Trio de trufas de chocolate preto

Porque Natal "culinário" é sinónimo de bom chocolate, na nossa mesa não podem faltar trufas de chocolate.

Tal como as bolachinhas de natal (receitas aqui, aqui e aqui), as trufas de chocolate preto são um ótimo presente de Natal DIY, requintado, elegante e com um custo (relativamente) baixo. 

Podem fazer várias variações de trufas partindo da receita base que se segue e utilizar chocolate preto, branco ou chocolate de leite, adicionar licor, café ou frutos secos.

Para oferecer, fiz trufas com chocolate preto, trufas com chocolate preto e flor de sal e trufas de chocolate preto com raspa de laranja moscatel, estas últimas, sem dúvida, ficaram TOP!

Se quiserem ser ainda mais ambiciosos, podem fazer um praline (calda de açúcar caramelizada com frutos secos)  e/ou cobrir as trufas com chocolate.

É imprescindível utilizar um chocolate preto de muito boa qualidade com, pelo menos, 70% de cacau.

Ingredientes (+- 70 trufas)
1 lata de leite condensado magro
300 g de chocolate preto (com pelo menos 70% de cacau) 
2 chávenas de cacau em pó
100 g de manteiga sem sal
flor de sal q.b.
raspa de 1 laranja moscatel biológica

Aquecer o leite condensado em banho maria.

Adicionar o chocolate preto partido em pequenos pedaços e mexer até obter um creme homogéneo.

Retirar do lume e adicionar 1 chávena de cacau em pó. Adicionar a manteiga e misturar novamente.

Dividir o creme em três taças de vidro.

Adicionar flor de sal e raspa de laranja a duas partes de creme.

Levar ao frigorífico 24 horas.

Retirar do frio e moldar pequenas bolas irregulares.

Passar cada trufa por cacau em pó e guardar num local fresco e seco.


quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Creme de abóbora manteiga perfumado com coentros frescos

Nos dias frios de inverno, não há nada mais reconfortante que uma sopa bem quente!

Uma das minhas sopas preferidas é o creme de abóbora manteiga por ser cremosa, leve e muito saborosa!

Além de saudável, é fácil e rápida de fazer!

Ingredientes
500 g de abóbora manteiga biológica
1 cebola branca grande
2 dentes de alho
1 chuchu biológico
1 ramo de coentros frescos biológicos
sal q.b.
água q.b.
azeite extra-virgem q.b.

Num tacho, colocar os legumes previamente lavados e cortados em pequenos pedaços.

Cobrir com água e levar a lume alto até ferver.

Deixar cozinhar, em lume brando, durante 40 minutos ou até os legumes estarem cozidos.

Triturar no liquidificador e retificar com sal e.

Antes de servir, temperar com um fio de azeite em cru e coentros picados a gosto.


quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Pecados de romã com chocolate preto

A romã é um dos meus frutos de eleição.

Além de ser um fruto particularmente bonito, o sabor e a textura da romã são absolutamente fantásticos.

Apesar de ser necessária alguma paciência para descascar a romã, no fim vale mesmo a pena!

Na mesa de sobremesas do batizado, a romã não podia faltar! Como era um dia festivo, não queria apresentar a romã simples. Adicionei raspa de chocolate preto e tomilho limão e surpreendi os convidados! Uma conjugação incomum que resulta lindamente.

Ingredientes
4 romãs 
raspa de chocolate preto 85 % cacau q.b.
2 ramos de tomilho limão 

Descascar as romãs e colocar em pequenas taças para servir.

Adicionar a raspa de chocolate preto e as folhas de tomilho limão fresco.

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Beijinhos de limão

Para acompanhar o café ou, simplesmente, satisfazer o desejo por um "miminho doce", os beijinhos de limão são uma boa solução.

Além de rápidos de fazer, fazem sempre um vistão!

Apesar do valor calórico dos beijinhos, a moderação no seu consumo deixa que marquem presença nas nossas mesas festivas.

Se quiserem, podem preparar os beijinhos com alguma antecedência e congelar durante 3 meses. Quando os quiserem servir, basta retirar 1 hora antes do congelador e deixar que descongelem.

Ingredientes (cerca de 40 beijinhos)
1  lata de leite condensado light 
1 colher de sopa de manteiga sem sal
1 limão
açúcar branco q.b.
mini-formas individuais

Num tacho, colocar o leite condensado, a manteiga, umas gotas de sumo de limão e a raspa do limão.

Levar a mistura a lume brando até que esta se descole do fundo do tacho.

Retirar do lume e deixar arrefecer num prato untado com manteiga.

Assim que a massa estiver fria, passar as mãos por manteiga e moldar pequenas bolinhas.

Passar cada bolinha de limão por açúcar branco e colocar numa forma de papel.

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Bolachinhas anjinho de laranja moscatel com pepitas de chocolate preto

Dia 1 de dezembro é o dia de decorar o pinheiro de Natal e de fazer bolachinhas para celebrar a quadra natalícia. 

Este ano, em vez das tradicionais bolachas de gengibre (ver receita aqui) que serão feitas mais perto de dia 24, fizemos bolachas com raspa de laranja moscatel e pepitas de chocolate preto. São ótimas para acompanhar o café/chá e garanto que "voam" num instante!

O "ritual" de fazer bolachas de Natal é sempre marcante pois reúne toda a família num ambiente de boa disposição!

Para o ano, contamos com a ajuda do baby FM, que este ano ficou encantado com as luzes do pinheiro de Natal!

Ingredientes
250 g de manteiga sem sal (à temperatura ambiente)
250 g de açúcar amarelo
2 ovos
500 g de farinha 
raspa de 3 laranjas moscatel grandes
1 pitada de sal
75 g de chocolate preto 85% cacau picado

Pré-aquecer o forno a 200.º C.

Forrar um tabuleiro com papel vegetal e reservar.

Numa taça, bater a manteiga com o açúcar até obter um creme esbranquiçado.

Adicionar o ovo, a farinha, a raspa das laranjas, o sal e o chocolate picado.

Envolver bem, com as mãos, até obter uma massa homogénea.

Polvilhar uma superfície plana com farinha.

Tender a massa até atingir a espessura de 3 mm.

Cortar a massa com um cortador em forma de anjinho.

Colocar as bolachas no tabuleiro e levar ao forno cerca de 8 minutos ou até estarem douradas.

Retirar do forno e deixar arrefecer, completamente, em cima de uma grelha.


segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Cheesecake de flor de lavanda e limão

Pela primeira vez, decidi improvisar uma receita de cheesecake.

Queria um cheesecake elegante, requintado e diferente, tal como a ocasião sugeria.

Como tenho imensa lavanda na quinta, a ideia de fazer um cheesecake de lavanda surgiu! Para ficar mais fresco, juntei raspa e sumo de limão. Um casamento perfeito!

*Quem não aprecia a textura da flor de lavanda, pode substituir a flor de lavanda por infusão de lavanda. Para tal, basta colocar a flor de lavanda em 50 ml água a ferver e deixar em infusão 10 minutos. Coar a infusão e adicionar ao preparado de queijo fresco.

Ingredientes
1 pacote de bolacha tipo maria (ou bolacha torrada)
75 g de manteiga sem sal
4 folhas de gelatina 
água bem fria
1 limão
500g de queijo fresco batido 
3 colheres da sopa de açúcar amarelo
1 colher da sopa de flor lavanda biológica


Partir as bolachas e colocar no triturador juntamente com a manteiga.

Triturar até obter uma massa homogénea.

Forrar a base da forma redonda com aro com a massa de bolacha espalhando uniformemente.

Numa taça, hidratar as folhas de gelatina com água bem fria.

Dissolver  folhas de gelatina no sumo de limão quente.

Bater o queijo fresco numa taça com o açúcar, as folhas de gelatina dissolvidas, a flor de lavanda* e a raspa de limão. 

Distribuir a mistura de queijo sobre a base de bolacha e levar  ao frigorífico quatro horas ou até estar consistente.

Desenformar e decorar com  lavanda a gosto.


sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Shots de mousse de chocolate preto de São Tomé e Príncipe

Já vos tinha falado (aqui) de como é possível fazer um ótima mousse de chocolate sem manteiga, natas, leite ou leite condensado.

Hoje apresento uma variante ainda mais pura e deliciosa! Mousse de chocolate apenas com chocolate, claras de ovo e água! Não leva açúcar nem gema de ovo.

Para os amantes de chocolate preto, esta receita é um must! Conseguimos obter uma mousse leve, fofa e preservar o sabor característico do chocolate negro. Por isso, vale a pena "investir" num chocolate negro de qualidade, com a maior percentagem de cacau possível! Fica divinal com chocolate 100% cacau de São Tomé e Príncipe, da Claudio Corallo!

É uma receita de babar por mais...

Ingredientes
200 g de chocolate preto 100% cacau 
5 colheres de sopa de água
5 claras de ovo
1 limão

Numa taça de vidro, colocar o chocolate partido em pedaços.

Adicionar a água e derreter o chocolate em banho-maria.

Bater as claras em castelo e adicionar umas gotas de sumo de limão para que estas fiquem estáveis.

Adicionar, calmamente, as claras batidas em castelo ao chocolate derretido para não lhes retirar o ar.

Deitar a mousse de chocolate nos copos de shot e levar ao frigorífico  3 horas.

Antes de servir, decorar com raspa de chocolate.




quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Espetadas de queijo da Ilha DOP com uva preta

Aqui fica a receita de outra entrada que fez imenso sucesso no batizado!

Mais uma vez, mais fácil e rápido é quase impossível.

Parte do "segredo" desta receita está, sem dúvida, na qualidade dos ingredientes. Por isso, devemos optar por um queijo da ilha de alta qualidade e por uvas pretas biológicas. Acreditem que faz toda a diferença.

Ingredientes
400 g de queijo da Ilha de S. Jorge DOP (cura de 7 meses)
uva preta q.b
mini palitos de espetada q.b.

Cortar o queijo da ilha em pequenos cubos.

Colocar um (1) cubo em cada mini-palito de espetada.

Terminar com um bago de uva preta.


segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Pedaços de queijo brie com compota de alperce e tomilho limão

Hoje deixo mais uma sugestão de uma entrada/petisco deliciosa com um tempo de preparação mínimo!

Além de ser elegantíssima e de impressionar, o sabor e textura da mesma não deixam de nos surpreender.

Ingredientes
300 g de queijo brie
compota de alperce caseira q.b.
tomilho limão fresco biológico q.b.

Partir o queijo brie em pequenos pedaços e colocar numa tábua de madeira para servir.

Colocar, alternadamente, em cada pedaço, compota de alperce e tomilho limão fresco a gosto.




domingo, 23 de novembro de 2014

Bolo de cenoura com noz moscada

As tardes frias e chuvosas pedem um bolo outonal para nos reconfortar.

O bolo de cenoura é sempre um bolo que cumpre, devidamente, essa função! 

Todavia, como não tinha a receita que costumo utilizar, improvisei e o resultado não podia ter sido mais satisfatório: um bolo fofo e reconfortante!

Ingredientes
4 cenouras grandes
4 ovos
1 + 1/2 chávena de açúcar
1/2 chávena de óleo de girassol
1/2 chávena de leite
2 chávenas de farinha
1 colher de sobremesa de noz moscada em pó
1 colher de café de fermento em pó

Pré-aquecer o forno a 180.º C.

Untar uma forma redonda com buraco no centro com manteiga e polvilhar com farinha.

Descascar e ralas as cenouras.

Separar as gemas das claras em duas taças.

Numa taça, bater as gemas com o açúcar até obter um creme esbranquiçado. 

Adicionar o óleo, o leite, a farinha peneirada, o fermento e a noz moscada e misturar até obter um creme homogéneo.

Bater as claras em castelo e envolver, delicadamente, juntamente com a cenoura ralada.

Distribuir a massa pela forma e levar ao forno 50 minutos ou até o palito sair seco.

Retirar do forno, desenformar e deixar arrefecer, completamente, em cima de uma grelha.

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Pecados de queijo de cabra com especiarias

Prepara uma entrada em 5 minutos com um sabor e aspeto divinais é mais fácil do que possam imaginar.

Para tal, basta terem um bom queijo de cabra e especiarias de qualidade em casa.

Como beirã de gema que sou, não podia deixar de fazer referência ao excelente queijo de cabra produzido no meu concelho, numa fábrica pertíssimo da casa dos meus pais: o queijo de cabra Quinta da Cabreira produzido pela queijaria Lactibar (Rendo-Sabugal), considerado o melhor queijo de cabra (2011 e 2012).

Os pecados de queijo de cabra com especiarias fazem sempre sucesso. Apesar de já os ter servido diversas vezes, só agora é que consegui obter o registo fotográfico porque desaparecem "num ai".

Ingredientes
500 g de queijo de cabra Quinta da Cabreira (Lactibar)
paprika q.b.
pimenta rosa moída na hora q.b.
pimenta preta moída na hora q.b.
mistura de tomate seco e orégãos secos q.b.

Cortar o queijo de cabra em pequenos cubos.

Colocar as especiarias em taças individuais.

Passar cada cubo por uma especiaria diferente e servir. 



quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Tarte de tomate, parmesão e manjericão fresco

Quando queremos preparar uma entrada rápida e com ótimo aspeto, as tartes salgadas são uma excelente opção.

Esta tarte fica ainda mais deliciosa quando utilizamos tomate e manjericão biológicos. Por isso, a sua época de excelência é o final do verão.

Ingredientes
1 base de massa folhada redonda
4 ovos
100 ml de natas 
100 g de queijo parmesão
sal q.b.
pimenta preta q.b.
noz moscada  q.b.
3 tomates grandes
1 molho de manjericão 

Pré-aquecer o forno a 180.º C.

Colocar a base de massa folhada numa tarteira redonda com o fundo amovível.

Numa taça, bater os ovos com as natas.

Adicionar o queijo parmesão partido em pequenos pedaços.

De seguida, temperar com sal, pimenta preta moída na hora e noz moscada a gosto.

Distribuir o recheio sobre a massa folhada.

Colocar as fatias de tomate por cima do recheio e temperar com manjericão picado.

Levar ao forno 45 minutos ou até estar dourada.

Retirar do forno, desenformar e deixar arrefecer em cima de uma grelha.


terça-feira, 18 de novembro de 2014

Para um dia muito especial, tarte de espargos verdes e queijo de azeitão DOP

Dia 16 de novembro de 2014 será sempre recordado como um dia muito especial nas nossas vidas. 

O tio C. batizou o príncipe FM introduzindo-o, oficialmente, na família cristã.

Fiz questão que a receção dos convidados fosse em nossa casa e de ser eu a preparar tudo ao pormenor.

Foram duas semanas muito intensas mas, no final, valeu a pena!

Preparar um almoço para 50 pessoas, em casa, com um recém-nascido não é fácil. 

Tive o privilégio de contar com o apoio dos meus pais, do meu querido irmão e padrinho do FM, da minha avó e do T.! A ajuda da minha P. também foi imprescindível para que tudo corresse lindamente.

Fiz 90% do que servimos e deleguei o restante. 

Assim, o arroz doce da beira alta foi feito pela melhor especialista que conheço: a minha avó S. que fez questão de o preparar, com todo o amor, para o bisneto. O resultado não podia ter sido melhor.

Os meus patos fizeram um arroz de pato delicioso, preparado, na íntegra, pela P.

Tive o melhor "forneiro" a ajudar! O meu pai preparou o forno a lenha para que a carne ficasse divinal!

Por fim, e reconhecendo a impossibilidade de preparar tudo sozinha, deleguei o bolo de batizado, os cakepops e as bolachas anjinho personalizadas nas magníficas mãos da Margarida Abecassis! Estavam deliciosos!

A querida amiga M. ainda nos surpreendeu com uns macarrons divinais que tornaram o dia ainda mais doce.

Do que preparei, destaco as entradas e sobremesas mais marcantes e disponibilizarei as receitas ao longo dos próximos dias.

As imagens foram captadas pela minha querida prima-irmã P., a quem agradeço profundamente pois praticamente não teve oportunidade de saborear o que fotografou.

Entradas:
- tarte de espargos verdes e quejio de azeitão DOP;
- tarte de tomate, parmesão e manjericão fresco;
- pecados de queijo de cabra com especiarias;
- pedaços de queijo brie com compota de alperce e tomilho limão;
- palitos de cenoura e aipo com DIP de iogurte perfumado com hortelã pimenta;
- pasta de atum;
- espetadas que queijo da ilha com uva preta;
- espetadas de tomate cherry com mozzarella e manjericão;

Sobremesas
- cheesecake de limão perfumado com lavanda;
- mousse de chocolate belga;
- trouxas da Quinta de São Francisco;
- torta de canela com doce de abóbora;
- delícia de pêssego e noz;
- pecado de romã.

Tarte de espargos verdes e queijo de Azeitão DOP

Ingredientes
1 base de massa folhada redonda (utilizei massa folhada light)
2 ovos
100 ml de natas 
1 molho de espargos verdes 
1 queijo pequeno de Azeitão DOP (300g)
sal q.b.
pimenta preta q.b.
noz moscada q.b.

Pré-aquecer o forno a 180.º C.

Colocar a base da massa folhada numa tarteira redonda com base amovível.

Numa taça, bater bem os ovos com as natas. 

Lavar e descascar os espargos retirando a parte fibrosa.

Cortar o queijo de Azeitão em pequenos pedaços e adicionar ao preparado.

Temperar com sal, pimenta preta moída na hora e noz moscada ralada  na hora.

Espalhar o recheio sobre a massa folhada e colocar os espargos verdes no topo.

Levar ao forno 45 minutos ou até estar dourada.

Retirar do forno, desenformar e deixar arrefecer em cima de uma grelha.



quarta-feira, 12 de novembro de 2014

Delícia caramelizada de maçã perfumada com canela e tomilho limão

Nesta época outonal, as maçãs imperam por estes lados.

Por isso, nada melhor que uma sobremesa onde a maçã é rainha.

Esta receita é ótima para as ocasiões em que aparece alguém para jantar, sem contar, e não temos nada para servir como sobremesa.

Maçãs, bolachas torradas, iogurte todos nós temos em casa! 

Com ajuda do tomilho limão e canela, conseguimos obter uma sobremesa requintada, leve que garantirá o sucesso da refeição!

Ingredientes 
2 maçãs golden 
1 limão
1 noz de manteiga sem sal
2 colheres da sopa de açúcar amarelo
1 colher da sopa de canela em pó
1 ramo de tomilho limão
4 bolachas torradas
1 iogurte natural

Descascar as maçãs, fatiar e temperar com sumo de limão.

Numa frigideira, colocar uma noz de manteiga e levar a lume médio até derreter.

Adicionar o açúcar, a canela em pó, as fatias de maçã, tomilho limão fresco e umas gotas de sumo de limão e levar a lume médio até a maçã caramelizar. 

Colocar a maçã caramelizada numa taça e deixar arrefecer.

Adicionar tomilho limão  e a bolacha torrada triturada a gosto. 

Distribui o iogurte pelas taças e polvilhar com a restante bolacha torrada triturada.


terça-feira, 11 de novembro de 2014

Papelotes de pescada do chile com delícias do mar e batatas colmeia

Com um recém-nascido em casa, o tempo para preparar as refeições é muito limitado.

Por isso, a imaginação tem de imperar por aqui nesta fase!

Como estava um temporal horrível, decidi fazer o jantar de comemoração do nosso aniversário de casamento em casa.

Aqui vos deixo a receita do prato principal: papelotes de pescada do chile com delícias do mar e batatas colmeia.

Uma receita saudável, de fácil execução e rápida de fazer! Garanto que é mesmo fácil, dado que tinha o bebé num braço e apenas fiquei um outro disponível para cozinhar! 

Ingredientes
2 postas de pescada do Chile
2 cenouras médias
250 g de delícias do mar
2 chalotas 
2 dentes de alho
8 batatas pequenas
100 ml de vinho branco
sal q.b.
azeite q.b.
pimenta rosa q.b.
1 ramo de cebolinho

Pré-aquecer o forno a 200.º C.

Cortar dois quadrados de papel de alumínio com cerca de 30 cm de diâmetro.

Colocar cada posta de pescada no centro do rectângulo de papel de alumínio. 

Adicionar a cenoura partida em pequenas tiras, cubos de delícias do mar, a chalota picada e os dente de alho picados.

Fazer pequenos cortes ao longo de cada batata e colocar ao lado da pescada.

Temperar  com vinho branco, sal, azeite e pimenta rosa moída na hora.

Terminar com um ramo generoso de cebolinho.

Fechar os papelotes e levar ao forno 40 minutos.

Retirar do forno e colocar cada papelote no prato para servir.

Abrir os papelotes e servir de imediato.


terça-feira, 7 de outubro de 2014

Semifrio de iogurte e gelatina

Nestas últimas semanas, há uma sobremesa que é presença diária no nosso frigorífico: taças de gelatina com iogurte natural. 

É uma sobremesa super saudável, ideal para os "desejos de doce" ao final do dia.

Podem utilizar a gelatina que mais gostarem e, se quiserem, enriquecer com fruta a gosto.

Em menos de 5 minutos, têm uma sobremesa fresca, saborosa e super saudável! 

Ingredientes
4 iogurtes naturais sem açúcar
2 pacotes de gelatina light de morango (ou outra gelatina a gosto)
500 ml de água a ferver
500 ml de água bem fria

Numa taça, bater os iogurtes ligeiramente.

Noutra taça, dissolver os 2 pacotes de gelatina em água a ferver.

Adicionar a água fria e mexer bem.

Adicionar os iogurtes batidos, em fio, e distribuir o preparado por taças para servir.

Levar ao frigorífico 4 horas ou até estar consistente.


domingo, 5 de outubro de 2014

Bolo de natas perfumado com limão

Domingo é o dia da família!

Por isso, o meu querido irmão e padrinho J. veio, como é habitual, passar o dia cá a casa. 

Hoje o dia teve um "sabor" especial porque o passámos, pela primeira vez, com o novo membro da família! 

Nada melhor do que recuperar uma receita das mais antigas da minha avó e voltar aos sabores do passado: bolo de natas perfumado com limão.

As natas substituem a manteiga e conseguimos obter um bolo muito fofo e leve.

Contrariamente ao que possam imaginar, não é nada enjoativo! Sem dúvida, um dos bolos preferidos cá de casa!

Ingredientes
400 ml de natas light
500 g de açúcar amarelo
6 ovos
300 g de farinha sem fermento
1 colher de café de fermento em pó
açúcar branco q.b.
raspa de 1 limão

Pré-aquecer o forno a 180.º C.

Untar uam forma de bolo inglês com manteiga e polvilhar com farinha.

Numa taça, bater as natas com o açúcar.

Adicionar os ovos inteiros e continuar a bater.

Envolver a farinha peneirada, o fermento e a raspa de limão.

Levar ao forno 45 minutos ou até o palito sair seco.

Retirar do forno, desenformar e deixar arrefecer, completamente, em cima de uma grelha.

Antes de servir, polvilhar com açúcar branco e raspa de limão.



segunda-feira, 8 de setembro de 2014

Bolo de farinha de milho com leite de côco, perfumado com canela

Com imensa lavanda em flor na quinta, decidi fazer um bolo com um pequeno "toque" decorativo desta flor magnífica.

Aventurei-me em mais uma experiência culinária e o resultado não podia ter sido mais satisfatório!

Um bolo muito fofo e leve, pouco doce, e com um aroma a canela divinal!

Contrariamente ao bolo de canela que costumo fazer, este bolo é muito mais leve e adequado para as tardes (ainda) quentes de verão porque apenas têm um aroma final a canela.

Ingredientes
6 ovos 
300 g de açúcar amarelo
200 ml óleo de girassol
400 ml de leite de côco
1 iogurte natural
300 g de farinha de milho
200 g de farinha de espelta
1 colher de café de fermento em pó
canela em pó q.b.
açúcar em pó q.b.

Pré-aquecer o forno a 180.º C.

Untar uma forma redonda com buraco no centro com manteiga e polvilhar com farinha.

Separar as gemas e as claras em duas taças.

Numa taça, bater as gemas com o açúcar até obter um creme esbranquiçado.

Adicionar o óleo de girassol, o leite de côco, o iogurte natural e envolver bem no preparado.

Adicionar as farinhas e o fermento peneirados e bater até obter uma massa homogénea.

Bater as claras em castelo e incorporar, delicadamente, no preparado.

Distribuir a massa pela forma e levar ao forno 45 minutos ou até o palito sair seco.

Retirar do forno, desenformar e deixar arrefecer, completamente, em cima de uma grelha.

Antes de servir, polvilhar com canela e com açúcar em pó a gosto.